NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
Buscar

O relacionamento de casal, uma visão através da ciência dos relacionamentos - Constelação Familiar.

Por Tatiane Colombo.


Bert Hellinger em seu livro “O Amor do Espírito na Hellinger Sciencia”, p. 165 diz : “ O relacionamento de casal começa de uma maneira bem comum. Um homem precisa de uma mulher e uma mulher precisa de um homem para que possam se sentir inteiros. O que é um homem sem uma mulher? Vocês poderão ver isso também aqui comigo. E o que é uma mulher sem um homem? Ela se sente incompleta. E é claro que um homem solteiro pode se sentir inteiro, se tiver a mulher em seu coração e honrá-la, principalmente a própria mãe. O mesmo ocorre com a mulher que precisa viver sozinha, quando respeita o masculino e os homens torna-se respeito.”


Partindo deste texto venho fazer uma reflexão sobre os relacionamentos e suas dinâmicas.


Falando sobre o relacionamento de casais e a procura pelo ideal, temos evidenciado que o norte entre homens e mulheres devem ser as relações respeitosas, sendo que muitas vezes o que se procura é o ideal utópico que se apresenta nos pensamentos, e amor não é pensamento é sentimento, é alma .


Não se pode idealizar através da construção de projeção dos próprios pensamentos, mas é necessário que se abra a possibilidade deste amor de forma plena e serena, sem expectativa de quando, onde e como encontra-lo, não se trata de procura mas de permitir que chegue.


Nos dias internacionais Hellinger , em Bad Reinchenhall, na Alemanha deste 2019, Sophie Hellinger quando falou sobre relacionamento trouxe de forma simples a importância do respeito ao companheiro com quem se está inclusive no que diz respeito ao que espera de um relacionamento.


Um casal para dar certo precisa ter uma sincronicidade quanto a que se espera um do outro com relação a vida, querem construir algo? Querem segurança? O que esperam fazer juntos? Duas pessoas que desejam estar juntos precisam reconhecer ao outro e respeitar exatamente como ele é .


O que se observa cada vez mais são as pessoas que se encontram e nutrem esperanças de que a outra pessoa vai mudar seu jeito de ser e na verdade a essência nunca muda, trazendo ao longo do tempo diferenças que podem trazem a infelicidade a ambos.


Certa vez eu estava fazendo um exercício onde se pretendia observar em uma empresa qual seria o melhor caminho, continuar onde estava ou mudar e investir em crescimento. O chefe da empresa o marido foi colocado no campo, no entanto quando começamos o homem suavemente olhou por cima de seu ombro para sua mulher, e assim resolvi experimentar algo coloquei a esposa no campo e ela foi para seu lado e ambos uniram as mãos e seguiram fortes e dinâmica essencial para decisão estava na união dos dois e assim o necessário se mostrou.


Uns meses depois os dois deram o passo tão esperado e estão construindo o crescimento para seu futuro.


Como um casal pode fazer isso ? Com tanto amor e carinho que se pode observar através de um olhar, através do respeito e unicidade de propósitos, somente assim podem seguir em frente.


Esse mesmo olhar sempre me encantou em Bert e Sophie Hellinger, um olhar de admiração e cumplicidade que se vê nos gestos mais simples e que trazem a tona o essencial, e que vejo em tantos casais alegra profundamente.


Esse amor Através do respeito amor concordando com o outro exatamente como é com a alma e saber que tudo é construção e crescimento.


Sabendo que nesta união se unem as pessoas e seus sistemas por isso é tão importante que se esteja aberto a pessoa exatamente como ela é.


Estamos tão acostumados a esperar a aprovação dos outros, de padrões quando na verdade a decisão parte de cada um, de cada coração com seus próprios sentimentos com o ouvir a si próprio, assim tomamos decisões e deixamos de toma-las quando necessário.


Virginia Satir traz em seu texto exatamente o que Bert e as Constelações Familiares nos fazem refletir ao dizer: Quero poder te amar sem me segurar, te apreciar sem te julgar, te encontrar sem te sufocar, te convidar sem insistência, te deixar sem culpa, te criticar sem te censurar, te ajudar sem te diminuir. Se você quiser me conceder o mesmo, então realmente poderemos nos unir e nos ajudar a crescer mutuamente” .


Assim ao se abrir mão do comando dos pensamentos e abrindo o caminho do ouvir o sentir tem-se algo novo, sereno e tranquilo e muitas vezes novo, que é o amor entre o homem e uma mulher de uma forma leve com tudo o que ele traz , as mudanças que por acaso possam acontecer são em decorrência deste novo , e assim vem de dentro para serem descortinados.

557 visualizações